Presidente da OAB/SC cobra pagamento de advogados que prestaram defensoria dativa mas não foram contemplados no acordo de 2013

10/06/2015 - Geral

gavazzoni.JPG

O presidente da OAB/SC, Tullo Cavallazzi Filho, voltou a cobrar do Governo do Estado, nesta quarta-feira (10), o pagamento dos honorários devidos aos advogados que continuaram atendendo causas de pessoas carentes, em especial nos processos que estavam em andamento quando foi celebrado o acordo de 2013.  O assunto já havia sido tratado em outras ocasiões entre a OAB e o Estado de Santa Catarina.

O presidente da Comissão de Acesso à Justiça, Anacleto Canan, estima que milhares de advogados ainda tenham a receber pelos serviços prestados ao Estado. O ofício cobrando o pagamento desses valores foi entregue em mãos ao secretário da Fazenda, Antônio Gavazzoni.

Assessoria de Comunicação da OAB/SC


Últimas notícias